Sonho bom

quando acordo catatônico

catando coisas pelo chão

preso num quarto sujo

escuridão

abro olhos entrelaçados

costurados com carniça

sempre esta mesma delícia

no reinado baudeleriano

me apresento todo ano

sou o bobo da corte brincando

sou o olho que vê o engano

o inverso o interno do seu corpo

já imaginou o tamanho do susto?

Será que encaras com gosto?

Sou malandro profundo desgosto

E eu trago só um balde de esgoto

Sempre anda comigo o desgosto

Que´ncosto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s