Guerra das palavras internas

Guerra das palavras internas

Quando a poesia se desgrudou de mim

Um susto

Um grito

Nada sou

Quando sou menos do que a poesia

Fui embora

Depois que pensei

Sou Poe

Sou poeta

Sou pena

Apenas

Eu não sei se ela soltou de mim

OU se fui eu que fui à guerra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s