O Começo do Fim do mundo – videoclipe

Um sentimento estranho…acho que…

Videoclipe da canção O Começo do Fim do Mundo
Direção: Cavi Borges
Edição e Fotografia: Daniel Ribeiro

E aqui o wav para tu baixar e ouvir

As aventuras na Cidadela Oeste – Ouça e baixe

As Aventuras na Cidadela Oeste é o passeio onírico que os Homens do Pântano propõem a você. Uma viagem musical por um mundo apocaliptico situado em alguma dimensão entre o passado e o futuro. Camadas de guitarras setentistas, linhas de baixo com um pé no reggae, rap irônico e incisivo em cima de bases grooveadas temperadas com um cavaquinho psicodélico. Coloque no volume máximo e curta o som!

Podcast Pantaneiro – acabou o mundo – videos Miami Bass fodas

não acreditamos em teoria da conspiração, nós mesmo conspiramos atrás das portas
o mistério do planeta é que o ser humano é ao mesmo tempo o mais imbecil e o mais inteligente animal
Homens Do Pantano no mais famoso podcast da cidade – o belíssimo Caipirinha Apreciation Society -CAS – We love it!

clique aqui para saber tudo e muito mais ouvindo o podcast CAS

http://cas.podomatic.com/entry/index/2011-08-17T23_39_00-07_00

E como o bagulho tá doido, se liga nessa seleção de Miami Bass muito pancrazy, feita pelos parceiros Hélio Costa Costa e Luciano Luti


Revolucionário!

Soldado de um movimento perdido

escondido num pântano de idéias

comunica-se com um som longínquo

é surdo e emite em uníssono

não vê a luz

esconde-se por trás da máscara

é avis-rara

quando ele para?

1272 – O símbolo da vitória.

por Negozul

A imagem representativa dos homens do pântano concebido por nosso companheiro Jonny B-Good me traz agridoces memórias. A visão de tal simbologia me lembrou um acontecimento ocorrido no longínquo ano de 1272.

Antes das batalhas que ocorreram naquela fatídica ocasião eu havia visto este mesmo símbolo em meus sonhos.

Uma sangrenta guerra rasga a fronteira entre a África e a Ásia. Lutavam em confraria os Samurais Zen e os povos mongóis contra os Besouros de Metal, estranhíssimos contigentes milicianos caucasianos em suas armaduras.

Inspirado pela visão onírica do símbolo, uni-me aos samurais do clã zen. O símbolo do pântano visto em meus encontros com Morfeu representa a união com os samurais zen. A visão equilibradora do desenho foi a responsável pela selagem absoluta do potencial dos arautos da guerra.

E ficamos sete semanas no campo de batalha. E aprendi o que eram as silenciosas palmas de uma mão só. Os guerreiros do furacão estavam tão imbuídos do objetivo da morte dos Besouros de Metal que mesmo em número muito menor triunfaram. Poucos sobreviveram para relatar estas lendas.

Quando os monges locais recontaram esta saga 100 anos depois já chamavam os Guerreiros Zen de Kamikazes, os deuses do vento. Em virtude da ampla utilização daquela técnica durante os conflitos.

A Lenda de Negozul

( Como contada por Negobantu e Negocongu)

Extraído dos Contos Antigos do Pântano, vol III

As inúmeras lendas em torno da entidade Negozul são tão turvas quanto a própria história da África. Costumeiramente narrada através das bocas estrangeiras, a incrível saga do povo africano vem sendo através das épocas afastada de suas raízes por interlocutores ora mal informados ora mal intencionados.

Possivelmente a confusão em torno da entidade Negozul resida exatamente neste ponto. A multiplicidade de versões sobre sua existência através dos séculos se confunde com a própria essência multifacetada do continente negro

Talvez seja esta mesmo a missão de Negozul: contar a história do ponto de vista de quem a viveu, acabando com os mal entendidos. Ou não. Paradoxalmente, a confusão em torno do mito pode também significar que não existe apenas uma história e sim milhões delas, que unidas, contribuem para formar o grande arcabouço cultural africano.

Misto de orixá e lenda urbana, a entidade pode apresentar diversas formas e não precisa de “cavalo” para incorporar. Essa característica marcante talvez seja o diferencial de Negozul, normalmente atrelado ao plano metafísico e não ao campo místico.

Materializa-se na proximidade de ocasiões importantes, sempre junto com uma nuvem de fumaça azul-acinzentada e um grave ribombar de percussões. Sua passagem costuma ser sucinta e intensa. Chega trazendo notícias surpreendentes, conta antigas histórias e influencia em decisões dos que estiverem em sua área de influência.

Some sem deixar rastro e nem sempre se faz perceber já que nem todos as pessoas que estabeleceram contato sabem explicar minuciosamente o acontecido. Diversas correntes étnicas africanas, e suas respectivas descendências miscigenadas, já relataram contatos com Negozul.

Não se sabe ao certo de onde surgiu o nome Negozul. Explicações distintas povoam o imaginário popular. Uma corrente jura de pés juntos que a denominação é uma contração das palavras negro e azul. Outras vertentes asseguram que o nome é este em virtude da sufixo Zul significar força num antigo dialeto sudanês.

Uma terceira explicação diz que Negozul é o antigo espírito de um sacerdote-músico, um alabê, já que na cultura africana em geral o som é o condutor de axé (força).

No fusca do Pântano mané!

Underground
O underground é estar aqui
é ser você e ser real
é poder ser o dono do capital
fazer valer cada real
É ser seu próprio motorista
E dentro deste negro carro
venda um som, uma revista
e tire um sarro
seja artista
sei lá
e é tudo isso e muito menos, é se fuder mas nunca desistir
ser under é não ter raiva do mainstream
dialeticamente mudar tudo se continuar sendo o mesmo
assim serás feliz
um traço de nada
um troço, um ínfimo descaso esquecido
mais jamais esquecerás que isto está grudado em você
mil manchas indeléveis em seu couro …
só o canto as libertará
de sua jaula só o poema é a chave
do imaginário precipício que despencas
não há pára-quedas
não há regras
só há
o ar
***BAIXE AGORA***
Complete seu álbum de figurinhas já que coisas novas virão por aí:
Ep Pancadão de 5 + Capinha em PDF pronta pra imprimir
http://www.4shared.com/dir/6480957/38ee4c07/EP_-__Pancado_de_5.html
Nossos singles em parceria com DJ Fluorenzo
http://www.4shared.com/dir/6622962/ced89a6a/Remixes_e_singles.html

anjos pantanosos